Category Archives: Dicas


Como escoltar controlando a alimentação durante uma viagem

Foram meses de esforço até que tú conseguisse finalmente perder uns quilinhos e regular tua alimentação a apoio de fast food e algumas guloseimas. Às vezes, o fundamento do sacrifício é justamente… as férias! Estar bem disposto e com a saúde em dia são fatores fundamentais para tirar o máximo do teu passeio.
É claro que uma das partes mais legais de uma viagem é a gastronomia recinto. Ver a cultura alimentar do recinto, dirigir-se a restaurantes típicos e cair em outras tentações é absolutamente natural e ninguém nunca vai lhe sugerir que não inclua essas atividades no roteiro. Contudo há alguns detalhes para tu seguir se controlando, caso esteja em um tratamento que exige restrições alimentares ou mesmo para não se descuidar.
Pesquise sobre seu destino: Com a internet, essa dica já está quase obsoleta, de tão corriqueira. Pesquise sobre isso seu destino e veja quais os restaurantes mais recomendados. A maioria disponibiliza o cardápio nos seus web sites. Acesse o que mais lhe agrada e reserve com antecedência – portanto, tú estará com várias refeições principais programadas, evitando o consumo exagerado de calorias.
Tome um café da manhã reforçado: Esta é, sem perguntas, a refeição mais relevante do seu dia. Alimentar-se bem logo na manhã dá ao viajante a energia necessária para defrontar o dia e acelerar seu metabolismo. Opte por alimentos saudáveis e insuficiente calóricos, como pão integral, leite desnatado, iogurte desnatado, frutas e queijos brancos.
Leve lanchinhos saudáveis pela bolsa ou na mochila: Claro que ninguém viaja para continuar o dia todo no apartamento alugado ou no hotel. O normal é ir o dia fora e longínquo da cozinha – e durante uma viagem os horários usuais de tuas refeições também conseguem ficar desregulados. Leve lanchinhos menores pela bolsa, como frutas, biscoitos integrais e barrinhas de cereal. Não esqueça, ainda, da água. É tudo fácil de ser transportado, nem pesa e tu poderá aliviar tua fome entre as refeições.

Visualhunt
Faça refeições completas: Claro que é tentador querer ingerir todas as guloseimas que tú olhar pela frente, porém tente fazer todas as refeições completas. Não as substitua por porções ou lanches rápidos. Tire uma hora para degustar um prazeroso prato saudável – tú nem sai da linha e ainda terá energia para bater mais perna.
Evite (muito) álcool: As bebidas alcoólicas executam cota da rotina de boa fração dos viajantes – e ninguém dispensa um vinho, uma champanhe ou uma cervejinha nesse lugar ou ali. Todavia não exagere. De forma geral, prefira a água ou sucos naturais sem açúcar.
Caminhe: Não deve continuar obcecado por nem conseguir acompanhar com tua rotina de academia no decorrer das férias. Leve tênis para percorrer ou correr, mas o exercício deve ser um alegria, combinado com uma paisagem bela, como por exemplo. Caso não seja possível, tente fazer os passeios a pé. Só as caminhadas entre os pontos turísticos já são um exercício e em tal grau. Se estiver num território onde é verão, não esqueça o protetor solar, os óculos escuros e o chapéu. Opte por roupas leves.
Hidrate-se: Nem descuide da especificação dos 2 litros de água por dia. Se essa já é a recomendação pro nosso dia a dia, durante uma viagem ela vale ainda mais. De vez em no momento em que, reforce a hidratação com água de côco ou chás gelados. A água é fundamental para fazer teu intestino funcionar bem, para sua digestão decorrer direitinho e até mesmo pra aparência de sua pele e cabelos.
–

Dez coisas que tu não sabia a respeito viajar de avião

Atenção: tú está prestes a notar fatos curiosos sobre isto os bastidores de uma viagem de avião. E domina quem os revelou? Os próprios comissários de bordo, de várias companhias aéreas, em um fórum virtual de perguntas e respostas americano.
A questão era a seguinte: quais são as coisas que os comissários de bordo sabem, no entanto nem vão contar aos passageiros? Os comissários, que voam todos os dias e conhecem bem todos as informações e serviços de uma aeronave, contaram vários detalhes que você porventura nem sabia até hoje.
Lemos todo o tópico do fórum e pinçamos novas dessas curiosidades. Confira:
1 – A água usada para fazer café ou chá vem de um tanque de água que fica pela base do avião. Até aí tudo bem. O defeito é que esse tanque nem é limpo com muita frequência.
Dois – Nos aeroportos, há sempre um ou dois comissários de prontidão para o caso de um funcionário daquele voo tiver um incidente e nem puder comparecer. Em stand by, eles ficam de uniforme e com as malas prontas para embarcar.
Três – Muitas companhias oferecem só uma opção de refeição, entretanto se do voo anterior tiverem sobrado “quentinhas” de outro sabor, eles também conseguem servi-las.
Quatro – Nem, os cobertores, fones de ouvido e travesseiros distribuídos no avião nem são novinhos. Eles são reutilizados
5 – Ao ingerir bebidas alcoólicas num voo, você fica bêbado mais rápido, devido à altitude. E os comissários estão preparados caso tu faça uma “ceninha”.
6 – Se você definir deslocar-se ao banheiro antes da decolagem, entenda que podes estar atrasando o voo. O avião não irá suspender voo até que tú esteja de volta – e isso talvez pode fazer inclusive com que a aeronave perca o recinto pela fila.
Sete – No treinamento da equipe, que dura por volta de 10h por dia, noventa por cento é relacionado a segurança e atendimento médico. Um comissário estima que só uma hora é usada para ensinar técnicas de relacionamento com o consumidor (no caso, o passageiro).

chinaoffseason rodovia Visualhunt.com / CC BY
8– Passageiros gentis podem receber várias regalias ao longo do voo. Se por alguma razão pedirem para tu trocar de ambiente e você aceitar sem dramas, os comissários estão dispostos a lhe ceder tratamento especial (durante o tempo que todos recebem um sanduíche, tú poderá receber 2, a título de exemplo).
Nove – As refeições dos comissários de bordo são ligeiramente melhores do que as oferecidas aos passageiros. Os funcionários do voo recebem frutas frescas e inteiras, e não picadinhas. Há tipos de sanduíches, sobremesas e bebidas aos quais apenas os comissários têm aceso.
10 – Os comissários sabem suportar com quem, durante o voo, tem uma overdose, uma queimadura, um osso quebrado, um ataque cardíaco e até com quem entra em trabalho de parto e tenha um bebê.
–

Quora

Oito fatores para salvar sua viagem de uma enrascada

Todo viajante tem uma enrascada para contar. Um dia o pneu do veículo alugado furou, a chuva impediu o voo de helicóptero ou a observação noturna de animais não compensou o sono perdido. Eventualidades como estas são aceitáveis pois pouco poderia ser feito para garantir o melhor do passeio. Porém há quem tenha outras histórias para mencionar no momento em que o motivo principal da enrascada foi a falta de informação e preparo antes da viagem. Para não estragar tua estadia no próximo destino nem sequer desperdiçar dinheiro e tempo, confira:
Aquela passagem aérea em mega promoção podes tomar insuficiente do seu dinheiro, entretanto extremamente do seu tempo. Voos mais em conta costumam ser em aeroportos mais distantes, com uma ou mais conexões e horários pela madrugada. Se tú nem é do tipo que cochila facilmente em um terminal melhor checar todos os horários e como preenchê-los ou pagar de maior preço e para fazer uma viagem mais rápida;
Saber que nessa época do ano neva em diversas regiões do hemisfério norte nem precisa ser nenhuma surpresa. Mas desconsiderar o período de monções numa viagem à Ásia vai te levar tempo de sobra dentro do hotel. Monções são ventos fortes que mudam de direção – do mar para a terra e vice-versa – durante o ano. Isso faz com que entre junho e setembro seja o período de muita chuva (baixa temporada) ou de muita seca entre dezembro e fevereiro (alta temporada).
Deste modo, realmente compensa se informar antes a respeito do local que irá visitar e se você se adequa a ele. Se tú não dispensa horas de sono num quarto escuro ao longo da viagem, não vá pra Suécia no verão, quando os dias (e supostas noites) são preenchidos pela claridade do sol;
Qualquer que seja o tempo, vá preparado com as vestimentas apropriadas para cada tipo de passeio que tu irá fazer, seja trilha, citytour ou passeio de trenó pela neve. Vestir roupas adequadas em respeito à religião de um país, te livra do assistir desconfortável de moradores locais e permitirá que tú entre nos templos. Geralmente é calça comprida para homens. As mulheres devem trajar calça comprida ou saia e um véu. Na dúvida, use sapatos fechados. Várias mesquitas emprestam véus e túnicas para turistas desavisados, entretanto nem vale descrever só com a sorte;
Quem já visitou Málaga, pela Espanha ou alguma cidadezinha italiana notou que o comércio estava todo fechado devido a do período de sesta (a famosa soneca pós-almoço). Não são trinta minutos no entanto de duas a três horas de descanso. Opte pelas compras e além da medida atividades na manhã e confira o que poderá continuar aberto no decorrer do horário para tú nem ser grato a comparecer pra cama também. Atente para os horários de visitação de pontos turísticos, como museus, templos e parques. Há dias que são capazes de não abrir ou ter horários restritos.
Se para tu não tomar foto da viagem é o mesmo que não ter saído de casa, prepare sua parafernália digital. Leve baterias e pilhas extras, cartões de memória, laptop para descarregar as imagens (caso sejam muitas ou tenha temor de perder a máquina ou o cartão), o leitor do cartão, HD externo, adaptador de tomada, tripé e até máquina extra para ter plena garantia de que foto não vai faltar. Quem ama apreciar uma paisagem tem por obrigação conduzir um binóculo pela bolsa a tiracolo;
Nunca é tarde para aprender uma nova língua. Se quer fazer imersão pela cultura de um país, se dedique a perceber no mínimo frases básicas, nem só para ter a oportunidade de interagir com moradores locais como sobreviver pedindo informações. No blog você localiza uma relação de aplicativos que vão te auxiliar pela viagem, incluindo os de tradução de línguas;
Da mesma forma apreender o idioma, dominar um tanto de história ou por causa de um país ou cidade se desenvolveu de definida maneira dá mais essência à viagem. Tome como exemplo os alemães cinquentões que viajam pelo todo o mundo e que a toda a hora levam pela mala um guia ou um livro sobre a região. Contratar um guia turístico enriquece a viagem, porque além de criar este artigo a visão de um local, ele fala qualquer idioma que tu sabe e te leva exatamente onde tú merece estar;
Há países em que o visto é tirado no próprio aeroporto, enquanto outro levam dias e diversas documentações. O site do Ministério das Relações Exteriores disponibiliza uma tabela com os países que dispensam o visto por pouco tempo e quais são exigidos. Quem deseja visitar propriedades particulares ou mesmo fotografar em definidos locais também necessitam se dizer com antecedência sobre a indispensabilidade de autorização e pagamento de taxa.
JessicaGale/

Treze lugares para amantes da música clássica estarem no verão europeu

Música suave pros ouvidos em teatros com visual requintado ou em ambientes a céu aberto. A cada ano, a primavera e o verão na Europa – nosso outono e inverno daqui – são marcados pelos festivais de música clássica em países culturalmente caracterizados por qualquer gênero, como as óperas italianas e os trabalhos de pianistas e compositores pela Áustria e Polônia. Em alguns países o festival ganha amplitude com peças teatrais, apresentações de dança e atividades interativas, como na Alemanha. Cada evento tem teu calendário próprio com duração variável também, entretanto que se concentram mais nos meses entre junho e agosto. Os ingressos conseguem encaminhar-se de € quinze a € 288, sendo estes de maiores preços para ver às óperas. Reserve teu recinto na melhor cadeira, arquibancada ou banco e agradável espetáculo!
Um.Temporada de ópera de verão Arena di Verona
Onde: Verona,
Quando: 24 de junho a 28 de agosto.
A cidade romana de Verona já é em si um amplo atrativo. Já começamos pelo romantismo da peça Romeu e Julieta, pela qual Skakespeare escolheu o local como um dos pontos onde se passa a história. O teatro, a arena e até os portões da cidade sobressaem Verona entre as cidades com monumentos mais preservados dos tempos do Império Romano no norte da Itália. A temporada de ópera acontece a céu aberto, pela Arena di Verona, construída no ano 30 d.C. A amplo abertura ocorre com Carmen, ópera francesa composta por Georges Bizet. Passada pela Espanha, ela acompanha a história de uma mulher de espírito livre e teu carinho obsessivo, um soldado espanhol. Cada apresentação conta com a participação de centenas de pessoas. O festival traz ainda Aida, La traviata, Turandot, além de outros mais.
2.Ópera nas Termas de Caracalla
Onde: Roma.
No momento em que: 2 meses de verão.
A temporada na capital italiana dura 2 meses entre as ruínas do velho complexo termal de Caracalla. Além dos concertos há apresentações da orquestra, do coral e da companhia de balé do Teatro dell’Opera di Roma, além de artistas internacionais, como o cantor americano Lionel Richie. Entre os espetáculos estão a ópera Nabucco, composta por Giuseppe Verdi, que acompanha a história bíblica do rei Nabucodonossor; Il barbiere di Siviglia e Madama Butterfly. As termas foram construídas em 206 d.C. e acomodava um,seis 1000 banhistas de uma vez. Além de uma piscina de tamanho olímpico e as salas de banho, o complexo contava com ginásio para prática de levantamento de peso, boxe e luta livre, biblioteca, lojas, restaurantes e jardins. O lugar fica próximo de outra atração turística, a arena Circo Máximo, utilizada para entretenimento e jogos pelos reis etruscos da Roma antiga.
Três.Festival Puccini
Onde: Torre del Lago.
Quando: Quinze de julho a treze de agosto.
O evento acontece na cidade de Torre del Lago, de 11 1 mil habitantes, pertencente à comuna de Viareggio, na província de Lucca, na região da Toscana. Cerca de 40 1000 espectadores visitam o ambiente para apreciar as obras de um de seus moradores, o compositor Giacomo Puccini e que, então, dá nome ao festival. Ele inclusive foi enterrado numa capela na região. Seus trabalhos estão entre os principais na programação, com as óperas Madama Butterfly, La boheme, Turandot e Tosca.
4.Festival de Ópera Rossini
Onde: Pesaro.
Quando: de 8 a vinte de agosto.
Fabricado em 1980, o festival resume os principais trabalhos de Gioachino Antonio Rossini, que compôs ao todo trinta e nove óperas. Entre as apresentações nesse verão estão La donna del lago, que se passa na Escócia na primeira metade do século 16; Il turco in Italia, com história na região de Nápoles durante o século dezoito; e Ciro in Babilonia, que conta uma passagem do rei da Pérsia. Estando em Pesaro aproveite para perceber a cidade medieval de Urbino, que fica próximo.
5.Festival Internacional de Arte Lírica
Onde: Aix-en-Provence.
Quando: Trinta de junho a vinte de julho.
Aqui o público prestigia óperas e concertos de orquestra, câmara, vocal e de música solo instrumental. Apresentações dos quartetos Van Kujik, Arcanto e Tana, das orquestras Filarmônica, Barroca Freiburger e Juventude Mediterrânea, além do saxofonista e compositor Raphaël Imbert. Entre as óperas estão Così fan tutte, Kalîla wan Dimna e Pelléas et Mélisande. Aix-em-Provence está entre os dez distritos mais ricos da França, com belas referências pelas ruas e construções que recebem o festival, entre elas a catedral Saint Saviour, o auditório do Conservatório e os teatros de Provence, da Arquidiocese e Jeu de Paume.
Seis.Festival holandês
Onde: Amsterdã.
No momento em que: de 4 a vince e seis de junho.
É o mais velho festival artístico no país, com performances de teatro, música, ópera, dança moderna, artes visuais e cinematográfica. A programação reúne o Dutch National Ballet, o Quarteto Kronos, de São Francisco e a Orquestra Nacional Holandesa, que expõe a ópera Pique Dame, de Tchaikovsky. Já a Orquestra barroca B’Rock, Collegium Vocale Gent e cantores notáveis executam a performance da peça The Creation. E a Safar Nord-Sud é a mistura da cultura árabe-andaluza do violisita marroquino Abderrahim Semlali com a Orquestra Adaluza de Amsterdã. O evento ocorre em diferentes locais pela cidade, como as salas de concertos Concertgebouw e Muziekgebouw e a fábrica Westergas.
7.Festival Musical Internacional de Bath
Onde: Bath.
No momento em que: Vinte a 30 de maio.
Orquestra, músicas de câmara e clássica contemporânea, jazz contemporâneo e world music. O festival é feito em distintos pontos da cidade a céu aberto. O Quarteto de Cordas Navarra esteve pela edição de 2011 do festival e retorna esse ano como uma das referências no Reino Unido. Já o crítico de restaurante e pianista de jazz Jay Rayner traz aos palcos em quarteto o cantor Pat Gordon Smith, o baixista Robert Rickenberg e o saxofonista Dave Lewis. O melhor da ópera no festival tem a performance da Filarmônica de Bath com o trio de cantores liderado pelo tenor mexicano Hector Sandoval, que já se fornece em casas de ópera por toda a Europa. A programação acrescenta excertos de Forza do destin, de Verdi, Carmen, de Bizet, Andrea Chenier, de Giordano e Nessun Dorma, e Puccini.
Oito.Festival de Glyndebourne
Onde: East Sussex.
No momento em que: de vinte e um de maio a 28 de agosto.
Glyndebourne é o nome da moradia de ópera no condado de East Sussex, que tem apresentações e projetos musicais durante o ano todo. Todavia não há como contestar que o festival é a principal atividade do ambiente, que vai de maio a agosto. Ao todo são seis produções na moradia com experiência para um,dois pessoas. O repertório do festival reúne trabalhos de compositores como Monteverdi, Handel, Rossini, , Tchaikovsky, Janá?ek, Strauss, Stravinsky, Verdi e Wagner. Entre as apresentações estão Il barbiere di Siviglia e The Cunning LittleVixen. O condado está na rota de jardins particulares que conseguem ser visitados ao longo da primavera. Os jardins do Parque Sheffield também satisfaz os admiradores das belezas naturais.
Nove.Festival Wagner Bayreuth
Onde: Bayreuth.
Quando: Vinte e cinco de julho a vinte e oito de agosto.
As óperas de Richard Wagner são apresentadas no teatro Festspielhaus, construído perante supervisão do próprio compositor. Apesar do festival acontecer por iniciativa de Wagner, que tem teu próprio museu no recinto, a cidade muda de ares com apresentações de artistas adolescentes pelas ruas e turistas admiradores do gênero sedentos para observar a cidade. Além da culinária, há espaços para que pessoas quer relaxar nas piscinas das Termas Lohengrin, onde também há aulas de golf, e ainda notar a fábrica da cerveja Maisel’s Weisse.
10.Festival de Música de Dresden
Onde: Dresden.
Quando: 5 de maio a 5 de junho.
Museus e igrejas abrem as portas pra apresentações, como esta de a sala de concertos Semperoper e a igreja luterana de Frauenkirche. O cenário da 39ª edição do festival é o “tempo”, expresso principalmente através da música e em diferentes vertentes. O primeiro a representar a temática do evento será o pianista e compositor Michael Nyman, popular por tua música minimalista. Ele se apresentará no Museu Alemão da Higiene, onde haverá eventos seguidos para os espectadores. O destaque na programação serão os concertos da mundialmente famosa Orquestra Filarmônica de Israel e do Quarteto Jerusalém.
11.Festival de Salzburg
Onde: Salzburg.
Quando: Vinte e dois de julho a trinta e um de agosto.
A encerramento de divulgar o festival entre os brasileiros amantes da ópera e música clássica, a Orquestra Filarmônica de Viena se apresentou pela primeira quinzena de março na cidade de São Paulo. Helga Rabl-Stadler, presidente do evento pela Áustria também participou da quinta edição do festival Música em Trancoso, na Bahia. A iniciativa é de elevar o número de espectadores não-europeus em Salzburg. Pela edição de 2015 foram 263 mil espectadores de setenta e quatro países, dos quais 35 são de fora do continente. O evento pela cidade de Mozart terá na programação Cosi fan tutte, Don Giovanni, Norma, Le nozze de Figaro e The exterminating angel. Haverá também peças e concertos da Filarmônica de Viena e da Orquestra West-Eastern Divan, entre outros.
Doze.Festival de Viena
Onde: Viena.
No momento em que: Treze de maio a dezenove de junho.
Entre concertos e além da medida apresentações culturais, a cidade preserva o festival iniciado em 1951, com o intuito de demonstrar ao universo a inteligência da cidade de sobreviver e triunfar no pós-guerra. Hoje é o principal evento no calendário cultura da cidade, que abre as portas de museus e casas de espetáculos, como o State Opera House, Burgtheater, Akademietheater, Raimundtheater, Volksoper e Volkstheater.
13.Festival Internacional Chopin
Onde: Varsóvia.
Quando: de 15 a 30 de agosto.
Músicos em volta do universo se apresentam no festival com instrumentos contemporâneos e de época. Será a 12ª edição do evento, que tem como apoio os trabalhos do pianista e compositor polonês radicado pela França, Frédéric Chopin. O tema deste ano é “Chopin e sua Europa – da Itália à Polônia, de Mozart a Bellini”. As apresentações atendem aos principais gêneros musicais de Chopin: ópera, concerto e música de câmara próximo aos compositores mais próximos dele, como Bach, Mozart, Haydn, Bellini e Jírovec. Pianistas, quartetos e orquestras e vencedores da Competição Internacional de Piano Chopin levam o melhor da música clássica, somada aos recitais e às óperas I Capuleti e i Montecchi, Il barbieri di Siviglia e Requiem que compõem a programação. Os concertos acontecem na moradia de concertos da Filarmônica de Varsóvia, no Witold Lutos?awski Concert Studio da Rádio Polonesa e, na primeira vez no festival, em ?elazowa Wola, uma pequena aldeia de sessenta e cinco habitantes onde nasceu Chopin.
Sam Stephenson/ Glyndebourne.com
Inspired Diversions, Opera Festivals e Travel

Oito aplicativos que te ajudam a controlar os gastos

Você pode estar perturbado com finalidade de viajar, no entanto se suas economias não vão bem, fica difícil curtir cada passeio. Ao invés de se privar de relaxar horas à beira da praia ou mochilando por aí, empreenda melhor para onde vão suas despesas e como otimizar o uso do dinheiro. Estes são alguns aplicativos que vão te auxiliar:
Esse aplicativo permite que tu registre suas transações, guarde os dados pela nuvem e descreva cada gasto. Se atingir conservar esse controle com disciplina, em insuficiente tempo tu pode checar seus gastos por ordem.
Quem sabe isto te ajude a ver em quais áreas poderá priorizar e onde dá para “enxugar”. Também dá para estipular orçamento para cada área e ainda programar um alerta de quando seu gasto está chegando no limite.
Também tem um controle separado para planejamento e controle de despesas de viagens.
Disponível para Android, iOS e Windows.

É, este monstrinho aí da tela é que dá uma leveza quando se fala em controle de gastos. Ele avisa quanto tu tem e quanto ainda pode gastar dentro do planejado.
Agradável, uma coisa é o plano e a outra é a realidade, que tu vai alimentando para ver de perto a quantas andam as despesas.
O prazeroso é que ele sincroniza com outros dispositivos e tu ainda exportar teu relatório financeiro em arquivo de texto, planilha, PDF ou GoogleDocs.
Disponível para Android, iOS e Windows.

Esse app anda bem em alta, em tão alto grau que além dos 2 milhões de usuários, também conseguiu fisgar grandes investidores. A International Finance Corporation (IFC), que é ligada ao Banco Mundial, e investidores dos fundos Kaszek Ventures, Ribbit Capital e QED Investors aportaram R$ 60 milhões no empreendimento.
O destaque dele é a otimização em alimentar as informações. Basta só se cadastrar e fornecer a senha de visualização do web banking. A começar por então o app sincroniza os dados e, se quiser, podes sincronizar contas de outros bancos também.
Disponível para Android e iOS.
4.Minhas economias
Se você nem curte gráfico, esse app te dá o percentual em redução de gastos que tu consegue fazer de um mês pro outro. É uma legal para que pessoas está pela fase de contenção e tem de um mínimo de estímulo para saber que está no caminho correto.
Tu pode isolar quanto de dinheiro tem pela carteira, na conta e até no cartão de crédito, dando a visão ampla para onde vão suas economias. Alimentando cada gasto, no fim do mês teu extrato terá todas as saídas identificadas e que são capazes de ser visualizadas por categoria.
Disponível para Android e iOS.
O visual desse app é bem moderninho. Para recolher essa chatice de completar caderno de despesas é que ele adicionou mais novas funções. Ele é quase um diário das tuas atividades.
Além dos gastos divididos por categorias, tu poderá marcar com quais amigos teve aquele gasto.
E também, quando estiver com o GPS conectado, ele já registra e você só marca quanto gastou e com quem estava. E no controle, tu tem uma noção da média de quanto outros usuários são capazes de poupar como comparativo.
Disponível para Android e iOS.
A tela é bem clean, mas direta. Como por exemplo, na visualização do saldo, você tem o dado de cada contam a fatura do cartão de crédito e ainda qual o teu limite até o fechamento.
O app também dá o percentual de onde o dinheiro vai em cada classe, que também é conferido em gráfico colorido, que socorro a captar a distribuição do que tem.
Ele podes ser sincronizado na internet, facilitando o emprego em diferentes dispositivos.
Disponível para Android e iOS.

É bem enxuto, todavia cumpre a função. Divide todas as despesas, dá o saldo diário e mensal dos gastos.
O bom nele é a visualização do orçamento estipulado e quanto tú está gastando em cada ordem.
A visão geral do orçamento mostra o período que quer verificar, quanto já gastou e o que te sobra.
O mais envolvente é que o app diz quanto tú está abaixo do orçamento e quanto podes gastar por dia com o que ficou pela conta.
Disponível somente para Android.
O visual do Finance é bem clean também. Tú consegue categorizar bem cada despesa.
A título de exemplo, se gastou no cartão de crédito, débito ou dinheiro, se foi restaurante, livraria ou mercado e ainda se está referente a algum evento, viagem ou despesa regular.
Também dá para fotografar e inserir documentos ao controle, como cupons, recibos e outros comprovantes de pagamentos.
Disponível somente para iOS.

O preço de negociar moeda estrangeira entre pessoa física

Quando tu retorna de uma viagem necessita encarar alguns entraves, como a adaptação à rotina, aos costumes do teu país e dilemas no teu orçamento. No impulso do passeio, comprou mais euros, dólares ou pesos argentinos do que o necessário e eles nesta hora estão parados pela gaveta. Sem previsão de atravessar a divisa de novo acaba ficando com dinheiro empatado. O que fazer com ele?
Visualize a cotação do dólar hoje.
É comum buscar entre familiares, amigos e populares quem tenha interesse em viajar ao mesmo espaço para onde você foi e que possa desejar adquirir a moeda. Em termos, é uma maneira de driblar o pagamento de IOF de um,1 por cento em instituições financeiras (entenda o por quê mais abaixo). Quem sabe seja portanto que este tipo de negociação não seja reconhecida pelo governo brasileiro, não havendo amparo boa caso alguma coisa saia errada. Por este caminho, obter moeda estrangeira de pessoa física pode ter desvantagens como:
-obter notas falsas;
-obter notas antigas, que tenham circulação restrita ou nem são mais aceitas, como acontece com frequência com as notas de dólar;
-arriscar-se andando com muito dinheiro em espécie para fazer a compra ou venda;
-sujeitar-se a transportar calote na transação

O Banco Central admite que a compra e venda de moeda estrangeira deve decorrer só entre pessoa física e jurídica. Visualize o por quê:
-ao receber notas falsas ou muito antigas e comprovar que adquiriu de um banco ou moradia de câmbio, tú poderá recorrer para solicitar pelo cancelamento da negociação. Lembra do caso do Banco do Brasil em Recife, em 2015, que vendeu dólares falsos? A família só descobriu no momento em que foram depositar uma quantia nos EUA e a funcionária do banco identificou que eram falsificadas e ainda acionou a polícia. Os comprovantes de compra da moeda foi o que salvou a a família de uma enrascada e garantiu que o estabelecimento brasileiro a ressarcisse;
-quando instituições financeiras realizam troca de câmbio, se a quantia for até ou equivalente a US$ 3 1000, a compra ou venda deve ser feita através de transferência bancária, de acordo com o Banco Central. Para tu acaba sendo mais seguro, poupando-se de ter que andar com elevadas somas de dinheiro em espécie;
-as transações costumam ter comprovantes de compra ou venda e mesmo nas negociações você pode guardar os documentos em caso de indispensabilidade futura;
-a negociação entre pessoas físicas se baseia pela cotação das casas de câmbio e bancos. Há quem imagine que estará pagando mais barato, poupando-se do IOF de 1,um por cento e taxas. Contudo, os preços listados nas instituições financeiras são em Valor Efetivo Total (VET), que já abrange o imposto e a taxa de serviço ao da unidade da moeda.
DodgertonSkillhause/ e Pexels

Quer viajar ano que vem? Invista teu dinheiro

O orçamento apertou e esse ano não vai conceder para fazer a viagem dos seus sonhos? A gente sabe o quanto poderá ser frustador – no entanto transformando essa frustração em planejamento financeiro, tu consegue se organizar pro ano que vem.
Pra essa finalidade, o básico é – claro – economizar dinheiro. Isso se torna um pouco mais complicado se você deixa a verba reservada do mês esquecida na conta corrente, podendo desabar na tentação de usá-la com outros gastos comuns do dia-a-dia. Conservar seu dinheiro numa aplicação financeira podes ser uma solução para impedir este incidente e, de quebra, agrupar ainda mais, já que ele estará perante rentabilidade.
Confira quatro investimentos seguros para possuir uma remuneração melhor que a poupança, daqui a um ano e o quanto tu poderá resgatar caso invista R$ 500 mensais durante um ano (claro que dá para viajar com menos, no entanto dá para ter uma ideia).
Tesouro Selic
Título público vendido pelo Tesouro Direto, o Tesouro Selic paga uma remuneração equivalente à taxa que embasa os lucros praticados no Brasil. Poderá ser uma interessante possibilidade para proporcionar rentabilidade com segurança. Nessa plataforma, tu “empresta” dinheiro ao governo e, em troca, é remunerado.
Se investir prontamente, seu dinheiro terá rentabilidade de quatrorze,vinte e cinco por cento daqui a um ano, no momento em que tú for sacar e obter seu pacote de viagem. O risco de conduzir calote, dizem especialistas em finanças, é bastante miúdo.
Para investir no Tesouro, que é mais recomendado para viagens nacionais, você terá de pagar taxa de custódia de 0,3 por cento ao ano e uma taxa de corretagem, que podes voltar a 2% ao ano, dependendo da instituição. Geralmente, corretoras cobram menos taxa do que os bancos.
Tenha em mente que há cobrança de Imposto de Renda a respeito do rendimento de títulos, conforme o tempo que o investidor permanece investindo. A alíquota varia entre 22,5% para resgates em até 180 dias e quinze por cento para resgates depois de 721 dias.
Sem investir: R$ seis 1000
No Tesouro Selic: R$ 6.270,58
Fundo cambial
Se você pretende fazer uma viagem internacional, nem há como prever quanto estará valendo o dólar em um ano. Sendo assim, o fundo cambial é uma legal opção de investimento, já que protege seu dinheiro da volatilidade da moeda.
O fundo cambial tem como recurso principal o hedge cambial. Isso isto é que, além de ser composto por títulos atrelados à variação do câmbio, o fundo tem aplicações em títulos que pagam juros a respeito da oscilação da moeda – taxa chamada cupom cambial.
Em geral, o fundamental a respeito do fundo cambial é que teu gestor vai operar no mercado cambial, quer dizer, sua rentabilidade após um ano estará atrelada ao funcionamento da moeda. Se o dólar estiver em alta, você terá interessante remuneração. Se cair, seu dinheiro em reais será pequeno do que o investido inicialmente, mas nem se desespere: tú conseguirá adquirir a mesma quantidade de dólares que antes.
Como por exemplo, se o dólar tiver alta, tu terá uma sensacional remuneração. Já se o dólar despencar, ao fim, seu montante em reais será pequeno do que o investido primeiramente. Desse caso, mesmo com menos reais, tú conseguirá obter a mesma quantidade de dólares que antes.
Sem investir; R$ seis 1000
No Fundo cambial: R$ seis.290,54

Visual Hunt
Fundo DI
Assim como este investir em um fundo cambial, apostando em um fundo DI você entrega seu dinheiro a um gestor e ele assume a seleção pelos investimentos. Ele aplicará apenas em títulos do Tesouro Direto e de bancos, que pagam a remuneração da taxa DI, a Selic das instituições privadas.
Tua taxa de administração costuma ser elevada, o que às vezes faz com que seu dinheiro no fundo DI renda menos do que no Tesouro Selic. Preste atenção, em razão de se este for o caso, podes nem ser a melhor opção para poupar com o objetivo de viajar.
Sem investir: R$ seis 1 mil
No Fundo DI: R$ seis.249,73
CDB
Ao obter um Certificado de Depósito Bancário, tu empresta dinheiro ao banco, ao invés de emprestar ao governo, como é o caso do título do Tesouro Direto. Por esse caso, sua remuneração não acompanha a taxa Selic, todavia a taxa DI, rendimento aproximado ao do juro básico.
Porém, é preciso atenção, que os bancos podem pagar bem menos do que 100% do CDI. Boas taxas só são oferecidas se você tem suficiente dinheiro e interessante confiabilidade junto à instituição.
Adquirir um CDB estreita teu relacionamento com o banco, facilitando planos futuros de financiar residência ou automóvel a taxas de juros menores. No entanto, em geral, o CDB só vale se o banco ofertar um prazeroso percentual da taxa DI.
Sem investir: R$ 6 1000
No CDB: R$ seis.216,94
–

Revista Exame

Quatro dicas para deixar sua viagem aérea mais barata

Voar não vem sendo muito barato. Com o acrescentamento da inflação e do dólar, o custo da viagem internacional pode permanecer mais caro em comparação com outros períodos, todavia ainda pode ser reduzido. Há numerosas maneiras de amenizar as despesas com passagens aéreas, como essa de retirar proveito delas. Olhe a escoltar:
– use e abuse dos programas de milhas. Eles convertem crédito para compra de passagens ou produtos de acordo com os pontos acumulados em voos anteriores e consumo com empresas parceiras. Podes-se adquirir o bilhete apenas com pontos ou pagando cota em dinheiro, o que acaba saindo mais em conta. O nosso blog fez um postagem sobre o assunto milhas (confira por aqui);
– cadastre-se para ganhar newsletter das companhias aéreas e alertas de promoção nos sites de busca. É uma chance de sair pela frente e assegurar a passagem a um preço especial;
– busque pelos preços de corporações low-cost, que oferecem serviço mais descomplicado e podem partir de aeroportos secundários para proteger no preço. Com os sites de busca, este mercado low-cost tem crescido ao longo dos anos do mesmo jeito a busca. Nesse mês foi desenvolvida a primeira aliança entre as organizações neste segmento. É a Ufly, que atua pela Ásia-Pacifico e que por enquanto tem quatro membros: HK Express, de Hong Kong, e Lucky Air, Urumqi Air e West Air da China. As conhecidas no Ocidente são EasyJet, Rayanair (Irlanda), Vueling (Espanha) e Air Berlin (Alemanha).
– os preços costumam ser mais baixos quando se resolve aeroportos alternativos. A passagem podes ser mais em conta, porém você precisa avaliar se o deslocamento até um deles é viável ou não. Há empresas de ônibus fretado em muitas cidades do país que levam os passageiros o aeroporto internacional mais conveniente;
– de acordo com sua disponibilidade de tempo, aproveite para fazer um stopover, que é no momento em que tu fica mais de 24 horas pela cidade de escala/conexão. Há companhias que permitem que você fique na primeira cidade por alguns dias antes de encaminhar-se para o destino final. Diversas oferecem gratuitamente, o que é ótimo para usufruir a viagem e ver uma segunda cidade. A opção é viável no momento em que o ambiente que você quer entender também é hub aéreo da companhia. Tú podes pesquisar nos buscadores, porém confirme tudo com a companhia se haverá gasto ou não. E se houver, avalie se o preço compensa. Numa pesquisa no blog da Edream, um voo direto do Rio de Janeiro para Londres (ida e volta) saía a €983. Já voos do Rio para Lisboa e de lá para Londres (e volta de Londres para o Rio) saía a €952. Faça sua pesquisa no Priceline, Kayak, Zupper, Viagens e Skyscanner, além de outros mais.
– na procura por preços, observe as informações sobre isto viajar alguns dias antes ou depois e a diferença de valor entre eles, como este o tempo de antecedência. O web site Viajanet montou a ferramenta Quando viajar. Você seleciona o destino que quer visitar e ele informa a média de preço, em que mês há mais oferta de passagens pro lugar, qual a companhia mais em conta, o dia da semana e quanto tú economiza escolhendo estas opções;
– pesquise em mais de um buscador de preços, uma vez que os convênios das companhias com os sites conseguem ser diferentes. Por mais que os sites de busca sejam uma “mão pela roda” pela hora de achar o melhor preço, vale a pena comparar com o blog da própria companhia. Quando escolher as datas e o horário, confira ambos para identificar são não há taxação da organização no momento em que se compra fora do blog dela, como é o caso da Lufthansa e da AirFrance-KLM;
– viajantes (e pesquisadores de preços) mais experientes dizem que as companhias monitoram a sua procura frequente por determinado destino e faz com que o preço seja cada vez superior conforme o seu nível de pesquisa. Para evitar, limpe os cookies para que ninguém rastreie sua navegação;
– o parcelamento da compra varia conforme a corporação. Por este caso, vale pesquisar com agências de viagem – físicas e online – quais as maneiras de pagamento que oferecem. Vale conciliar a compra da passagem com hospedagem e observar se sai mais em conta para as pessoas que deve parcelar. E fique de olho pela cobrança de juros ou o parcelamento será mau negócio.
– embarque durante a semana, em razão de de sexta a domingo são os dias mais procurados por turistas e quem viaja a negócio;
– o melhor dia da semana para adquirir passagens é às terças-feiras, de acordo com o Airline Reporting Corporation (ARC), no momento em que os preços necessitam ser melhores;
– para observar diferença no preço, a sugestão é comprar o bilhete aéreo com pelo menos um mês de antecedência para roteiro nacional e 2 meses para internacional.
A retração na economia brasileira tem afetado abundantes setores. A aviação aérea no país é um deles. Em novembro de 2015, a busca do transporte doméstico teve retração de sete,nove por cento de acordo com a Associação Brasileira das Corporações Aéreas. As companhias andam em modo de acerto de reajustes de benefícios e salários dos funcionários no decorrer do período de instabilidade político-econômica. A facilidade de pagamento das passagens aéreas e eventuais promoções tem ajudado a preservar a clientela.
Normalmente o parcelamento poderá ser feito em até 5 vezes sem juros e, caso necessite mais parcelas, há cobrança de juros, entretanto podem aparecer em até 10 vezes. E para atender a essa fatia de facilidade de pagamento no mercado que a consolidadora de passagens aéreas GapNet desenvolveu a Vai Voando, que vende bilhetes pré-pagos há seis anos. O diferencial é que os consumidores são capazes de parcelar a compra em até doze vezes sem juros no carnê, sem a inevitabilidade de comprovação de crédito. De acordo com o diretor da organização, Luiz Andreaza, o índice de inadimplência fica abaixo do mercado em razão de o cliente só viaja depois de pagar na passagem, o oposto do que acontece com outras empresas. Caso atrase o pagamento, corre o risco de perder o bilhete. O tema da organização é de moradores de periferias, favelas e comunidades, que viajam mais por necessidade de visualizar familiares que moram em outros estados.
comenta o diretor da Vai Voando. Por enquanto a atuação é no território nacional, com parceria da Azul, Avianca, GOL e TAM. A probabilidade de Andreaza é de vender passagens para a América do Sul e Orlando, nos Estados unidos. A venda das passagens é feita em estabelecimentos parceiros nos bairros do público-centro, como papelarias, ótica, corretora, lan house, lotérica e loja de móveis, além de outros mais pontos.

Cinco sugestões para as pessoas que quer voar com milhas aéreas

Toda viagem tem teu preço, no entanto nem desta forma quem gosta do foco deixará de visitar outros destinos. Qualquer oportunidade de apagar as despesas sem comprometer a propriedade do passeio será muito bem vinda. Diversas companhias aéreas oferecem o programa de milhagem, que se resume ao acúmulo de pontos a cada compra e que viram benefícios, como descontos em passagens, certo a salas exclusivas em aeroportos e até pontuação para compra de produtos. Olhe essas 5 dicas como começar a participar e quais os principais programas que tu necessita compreender:
Inscreva-se pela maior quantidade dos programas a que tiver acesso e interesse, seja nas companhias aéreas como nos cartões do teu banco ou administradora. Você poderá usar todos eles ou escolher aquele que combina com o teu perfil de consumo. Pesquise o pacote de benefícios que cada um fornece e, principalmente, a que preço.
O programa oferecido pelas próprias companhias não têm custo, só regras quanto ao tempo de exercício, horários e até poltronas específicas por voo para quem compra com milhagem. Já os cartões de banco e de administradora cobram anuidade, todavia que a toda a hora vale ser negociada. A consultora do Atelier Bon Voyage e autora do website Coisas que Amamos, Nathalia Tosto, explica que é pela negociação que novas corporações aceitam cobrir a tarifa do concorrente ou mesmo pegar a anuidade para ter a portabilidade do seu cartão.
Outro ponto significativo é ver quanto cada milha equivale em reais, pois que há diferença entre os programas. “Não é em razão de a passagem será comprada com milha que você poderá adquirir a qualquer preço. Calcule se realmente vale a pena gastar suas milhas com aquela passagem”, observa Nathalia.
Se o primeiro passo para aderir aos programas é se inscrever nos web sites das companhias aéreas, você pode optar por qual delas for mais conveniente. Se tú viaja com frequência a um estabelecido ambiente, podes concentrar o acúmulo de pontos na companhia que faça essa rota e portanto poderá utilizar as milhas para comprar a passagem.
, complementa a consultora. Nathalia acumula milha há doze anos através de cartões de crédito e direto com as companhias. Há programas de companhias que têm parceria com estabelecimentos, como hotéis, restaurantes e lojas online. Ao comprar deles tu ganha milhas também.
Fique de olho no período disponível para usar as milhas, assim como as condições de emprego. A validade delas são capazes de ser de um a três anos, conforme a regra de cada programa. Fique atento a esses prazos consultando o web site da companhia, já que algumas não informam quais milhas que estão para expirar no extrato mensal.
Ponto, milha ou crédito, cada empresa dá um nome para um benefício que nada mais quer do que a sua fidelização a ela. No geral, o grande destaque é poder comprar as passagens aéreas, seja pagando o valor total ou parcial em milhas acumuladas. Várias oferecem descontos em serviços ou produtos de estabelecimentos conveniados à marca. Confira a seguir os principais programas e tuas principais características:
AAdvantage (American Airlines) – Além da compra de passagens, permite upgrade de assento e combinar pagamento em milhas e dinheiro com empresas parceiras, como locação de veículo, compra de pacote de férias e hospedagem em hotéis.
Victoria (TAP) – As milhas acumuladas correspondem à quantidade de milhas voadas. Podem ser usadas para bilhetes-prêmio e serviços dos mais de 130 parceiros, como as companhias da rede StarAlliance, restaurantes, spas, cruzeiros e lojas de numerosos segmentos. Também é possível participar dos Leilões Victoria para adquirir viagens e prêmios com menos milhas.
Miles&More (Lufthansa) – Oferece pontuação quando usa serviços de organizações parceiras, como estadia em grandes redes hoteleiras (Accor, Grand Hyatt, Meliá, Sheraton e Hilton), locação de veículos e até lojas da Lufthansa Worldshop e do time alemão FC Bayern de Munique.
Flying Blue (Air France e KLM) – Além de bilhetes-prêmio, é possível obter estadia em hotéis, locação de veículos e compra de produtos nas lojas online Flying Blue Store e Air France Shopping.
Tam Fidelidade (TAM) – Acumula pontos Multiplus de voos TAM e de mais de 20 companhias aéreas da aliança global oneworld, como Lan, American Airlines, British Airways, Qatar, Lufthansa, Air China, Swiss e Austrian. Os pontos variam conforme a região e o destino e viram passagens-prêmio, mudança de categoria no voo, produtos do shopping Multiplus e roteiros da TAM Viagens.
Smiles (GOL) – Alguns dos parceiros aéreos são: Delta, Airfrance, KLM, Aerolíneas Argentinas, Tap, Alitália e Copa Airlines. O programa também possui o Shopping Smiles, que tem como empresas participantes lojas de eletrônicos, esportes, departamentos e hotéis.
Comparsa (Avianca) – Os pontos podem ser utilizados basicamente para acúmulo e resgate de pontuação. O programa tem parceiros da Star Alliance, que soma mais de vinte e cinco companhias, entre elas Air New Zealand, Brussels Airlines, Avianca, Egyptair, Thai e United.
Tudo Azul (Azul) – Os créditos são revertidos na compra de passagens. Há uma vasta parceria com corporações e estabelecimentos que geram pontos para o comprador no programa, como supermercados, vestuário, estacionamento, artigos esportivos, aluguel de carros, cursos, entre algumas categorias.

Como saber autenticidade do euro e libra esterlina

Sonhe ceder-se conta de que tem uma nota falsa nas mãos no decorrer da tão sonhada viagem ao exterior. Fica a dúvida de que forma proceder e impedir que a situação se repita e nem se perca dinheiro. E é desse modo que recentes séries de moedas são emitidas de tempos em tempos. Com o auxílio de tecnologias mais aprimoradas, são formadas alterações que dificultam a falsificação de dinheiro.
O gerente da residência de câmbio Turismo 10, Marcos Martinez, explica que um dos primeiros pontos a se notar se uma nota é verdadeira é atravessar o dedo pela parte de pequeno dela, onde costuma ser em alto-relevo. Se a nota foi comprada no Brasil, o vendedor tem que assumir a responsabilidade na venda. Tais garantias para reaver o dinheiro conseguem deixar de haver no momento em que se compra de populares, sem meios que oficialize a negociação em caso de problemas. Martinez reforça que
Para que tú nem pague pelo prejuízo com a circulação de notas falsas, saiba como distinguir pontos que comprovem a tua originalidade.
As orientações dadas pelo Banco Central Europeu (BCE) para distinguir uma nota serve fundamentalmente para outras moedas. Elas se resumem em três passos: toque, vire contra a luminosidade e incline, o que permite ler as variações dos dispositivos de segurança. Ao pegar a nota, o toque podes ser ligeiramente sonoro e em novas partes a tinta é mais espessa por conta da impressão em relevo. Ao virar a nota contra a luminosidade, verifique se aparece a marca d’água, que contém imagem e valor. Numa nota de €50, a título de exemplo, pode-se acompanhar uma janela de tipo renascentista e o número 50. As sete notas de euro têm como imagens estilos arquitetônicos ao longo da história. Contra a iluminação também poderá-se notar um filete de segurança, a linha escura no meio da nota. E ao incliná-la, percebe-se no holograma itens que variam de cor, como o número do valor da nota, o símbolo da moeda do Euro ou uma janela.
Fique ligado à novas notas de €5, €10 e €20 que têm como alterações a disposição das iniciais do BCE em nove variações linguísticas, como reflexo à ampliação da União Europeia (UE). Antes ficavam na divisão superior e sem demora ficam verticalmente pela lateral esquerda. O nome da moeda, ao lado do número do valor da nota, vem nesta hora em três alfabetos: latino, grego e cirílico, este último por conta da adesão da Bulgária à UE, em 2007. E no holograma também aparece a Europa – figura mitológica grega que deu origem ao nome do continente – numa janela.
O Banco da Inglaterra sugere passar o dedo a respeito da nota para constatar a impressão em relevo, como pela descrição Bank of England, a porção superior. A libra detém um fio metálico mais discreto, em traços prateados. Já a marca d’água aparece a imagem da rainha Elizabeth II. O holograma também muda de imagem e cor nas notas de £5 e £10. Ele varia entre a figura de Britannia – deusa romana que com o tempo ficou a personificação das ilhas britânicas – e o número do valor da nota. Já as de £20 retém uma faixa holográfica. Nas de £50 há uma tira vertical verde em 3D, que se move conforme ela é inclinada entre o número cinquenta e o símbolo da libra.
Para aumentar o tempo de uso, as notas mais usadas receberão uma camada de polímero, um tipo de plástico. De acordo com o banco inglês, a capacidade pretende restringir os custos de emissão da nota no enorme prazo, já que duram 2,5 vezes mais e manterá quantidade superior de notas em circulação. A novidade também serve como obstáculo contra tentativas de falsificação. Elas serão mais flexíveis e terão tamanho pequeno do que as atuais, além de serem mais resistentes à umidade e sujeira.
O polímero será aplicado nas notas de £5, £10 e £20, que terão novos personagens. A de pequeno valor deverá entrar em circulação no segundo semestre de 2016 com o retrato do ex-primeiro ministro Winston Churchill, no tempo em que que a de £10, com a escritora Jane Austen, ocorrerá um ano depois. E a de £20 ainda não tem o personagem instituído e será lançada só em 2020.
Além das observações que podem ser feitas pelo tato e a olho nu, também é possível recorrer às canetas e instrumentos com luz ultravioleta para checar a autenticidade da nota. O número com o valor da mesma ganha cores fluorescentes e pequenos filetes também se declaram no papel em diferentes cores. Para que pessoas quer ter à mão quais pontos constatar poderá usar alguns aplicativos que trazem estas e outras informações:
Euro Cash Academy (euro) – Android e Iphone
Bank of England Banknotes (libra esterlina) – Android e Iphone

Next page →